Depilação Íntima

Depilação Íntima
0 votes, 0.00 avg. rating (0% score)

Depilação

As mulheres brasileiras adoram ir a um salão de beleza ou a um centro de estética. Um dos motivos pelos quais elas frequentam estes locais são os serviços de depilação. Afinal, elas gostam de se sentir lindas e seus corpos devem estar perfeitos, principalmente, no verão quando ir à praia se torna um programa praticamente obrigatório. Assim, exibir o corpo escultural, moldado a exercícios e, se possível, sem pelos na região da virilha, é o sonho de toda a mulher.A depilação íntima foi por muito tempo atividade só das mulheres, mas hoje os homens também já estão aderindo à depilação intima masculina, apesar do grande preconceito que ainda existe quanto à depilação masculina. Entre os motivos que levam os homens a fazerem a depilação está a higiene. Outro fator que faz com que os homens acabem optando pela depilação íntima é o pedido de namoradas e mulheres que gostam de homens com pouco pelos, inclusive, na virilha.

A região da virilha é uma das áreas mais delicadas do corpo, por isso, a depilação deve ser feita por esteticistas ou depiladores profissionais. Por isso, busque referências e antes de fazer a depilação certifique-se de que o salão ou centro de estética reúne profissionais capacitados para tal função. Além disso, é preciso verificar as condições de higiene do local, pois pode haver a transmissão de doenças se a assepsia do local não for bem feita.

Na depilação íntima na gravidez, os cuidados são redobrados. Depilação em gestantes somente a partir do terceiro mês de gravidez e de preferência com liberação do médico. Delicadeza e atenção para que a cliente esteja sempre relaxada. A posição de lado facilita a depilação e conforto da gestante.
A exposição solar pós-depilação não é aconselhável, mas independente da depilação deve ser usado filtro solar sempre.

Cuidados pós-depilação

Após 24 horas da remoção dos pelos, os poros ainda estarão mais abertos do que o normal e, portanto, suscetíveis a reações alérgicas e irritações. Por isso, durante esse período, siga à risca as recomendações da ginecologista Cláudia Barquinha:
- Evite os sabonetes tradicionais perfumados Eles são compostos por substâncias que aumentam o risco de alergias. O melhor é usar sabonete líquido de higiene íntima, que foi elaborado especialmente para remover o excesso de secreção e a sujeira da região e mantê-la com o pH saudável. Além disso, não agride a camada protetora da pele, o que diminui os riscos de alergia e irritação. 
- Invista em compressas calmantes Chá de camomila gelado, água boricada ou termal ajudam a acalmar a pele, evitando o aparecimento de foliculites (pelos encravados), ressecamento e irritação.

Veja fotos

Visite: www.confiraqui.com



Compartilhe: